quarta-feira, 26 de maio de 2010

Buenos Aires bye bye (10)

10_BsAs bye bye

Nestes anos argentinos também me despedi dos meus óculos (viva o laser!) e, de caminho, despedi-me também da melena comprida.

Curiosamente, na Argentina é muito difícil cortar o cabelo, porque argentina que é argentina usa-o longo e muuuuuito liso, perdendo diariamente horas com todos os preparativos. Ele é lavar, ele é banho de creme, ele é secar e alisar... Claramente não estava preparada para isso. Nem estou.

Chegando ao cabeleireiro, pedia que me cortassem o cabelo, sem medo, mas regra geral não tinha grande êxito. A pressão cultural é tão grande que ninguém se sentia à vontade para o fazer. Até que descobri o "meu" Walter, que logo na primeira visita desatou a desbastar-me a juba com tanto entusiasmo que até o filmei e tudo.

A partir daí, foi sempre a abrir, ou a encurtar o cabelo, e hoje demoro o total de cinco minutos completos entre lavagem, penteado e secagem. E para o calor, nem vos conto, dá cá um jeitaço.

4 comentários:

vmbm78 disse...

LOL!! Filmaste o Walter?!
Ficas muito gira de cabelo curto.

Billy disse...

A amiga com quem fui é que filmou o Walter, com a minha câmara! O que nos rimos!

Mariana Ramos disse...

Ando sempre a dizer isso às minhas filhas. Mas elas não acreditam.
Foi preciso um Valter para me dar razão.
Bjs.
M

Anónimo disse...

Por acaso, acho que a maior parte das mulheres fica muito melhor de cabelo curto. Mas cá em Portugal agora também se usam cabelos muito compridos. Tu, claramente, ficas melhor de cabelo curto :-)
fungaga