sexta-feira, 15 de agosto de 2008

Está quase!



Hoje é o último dia de trabalho antes das férias. E o que quer isso dizer? Que tenho uma lista de afazeres que vai daqui até à cozinha e volta. Desbravo diligentemente cada item e ponho-lhe um vistozinho no final, com uma satisfação jamais vista. Cada tarefa cumprida significa um passo mais próxima das férias. Está quase.

Na lista ainda tenho o trabalho de casa do alemão (ui, e isso é coisa para demorar), o que me faz lembrar que recebi o resultado do exame e fiquei muito contente. Este semestre temos um novo projecto: consiste em escolher um tipo de programa num canal alemão e compará-lo a programa análogo na TV argentina. Isto coloca-me sérios problemas, porque:

1. não vejo TV argentina. O mais que vejo são os títulos no canal Todo Notícias. Nos primeiros cinco minutos após a hora certa e os trinta minutos dão os títulos. É o canal menos sensacionalista que está disponível e, citando a I.: "isto não é ler uma notícia". Não. Muitos dos pivôs parece estarem a ler a notícia (mesmo que se trate da matéria mais importante para o país ou o mundo) como se contassem uma fofoca no café.

2. os meus comentários relativamente ao pouco que vejo da TV argentina não são bons. Ou seja, lá vem a (ler depressa) burguesa-capitalista-europeia-paternalista dar as suas opiniões, e, claro está, que do outro lado do Atlântico Norte é tudo muito melhor.

(nota: não acho que a televisão portuguesa seja "muito melhor" mas não tenho dúvidas de que, pelo menos, há opção. E não é tudo "muito mau", como cá. Mas lá estou eu a dizer mal...)

3. o meu alemão não é suficientemente fluente para poder fazer comentários particularmente subtis. O que significa que vou ter de ter cuidado extra para não me transformar num - ainda que simpático - elefante em loja de cristais. Seria chato, "na medida em que se torna maçador", como diz outro amigo.

Vamos lá ver, vamos lá ver...

1 comentário:

PM disse...

eheheh... QUE SAUDADES!!!