terça-feira, 15 de dezembro de 2009

Blitzkrieg

A Primavera instalou-se em Buenos Aires com hordas e hordas de sanguinolentos mosquitos. Ontem, vinha eu tranquilamente a pé para casa, parei um bocadinho no semáforo, até ficar branco (cá, o semáforo verde para os peões é branco). Foi questão de alguns segundos mas, quando olho para baixo, tenho qualquer coisa como seis mosquitos (não-dengosos, esperemos) pousados nas minhas pernas, a picar-me sobre a roupa e tudo, sem qualquer tipo de vergonha ou hesitação. Desatei à chapada às minhas próprias pernas, fiquei com sangue nas mãos e tudo, mas os danados dos insectos já tinham deixado as suas marcas: quando cheguei a casa, mais parecia picotada.

Foi mais um momento Calmiderm.

(é... agora que penso nisso, bem que posso abrir aqui uma série intitulada "momentos Calmiderm". De duvidoso interesse, é sabido, mas certamente profícua.)

3 comentários:

Bruno Silva disse...

Mai um pouco e tu serias carregada pelos insetos sanguinolentos. hahaha

Será que em janeiro sofrerei com eles por aí? Já levarei um repelente na mala.

Beijos!
Bruno Silva
http://ladobdocassete.com.br

Billy disse...

Bruno, em Janeiro eles devem estar ainda mais assanhados. Um repelente é essencial! :)

Diana Sousa disse...

Pois olha, por aqui chegou foi o Inverno. :) Vais estar por Lx proximamente?...