terça-feira, 1 de março de 2011

Mais actividades

Quilted baby blanket | Manta bordada e acolchoada

"Bonequinha feliz..."

"Tenho na minha alma um sonho..."


Outra das actividades desenvolvidas em vez de ir visitar imensos museus, monumentos e jardins foi a costura.

Como sabem (ou não), quando vivia na Argentina criei - na altura com uma sócia - uma marca de roupa de bebé tricotada à mão. Entretanto o projecto tem evoluído: já estou sozinha, já há camisolas para mais crescidos (não exclusivamente bebés) e... agora também temos mantinhas. Não tricotadas, mas cosidas.

A vinda para o Panamá dificultou-me bastante o acesso à fabulosa matéria-prima que existia na Argentina: a lã de merino lá é tão boa que é quase toda exportada, sendo até difícil encontrá-la no comércio tradicional. Aqui no Panamá, terra de Verão todo o ano, não existem lanifícios (não posso censurar!). O que existe, e muito, é algodão. Ou melhor, tecido de algodão.

Enfim, encurtando a história, a acrescentar a todas as razões acima e para combater a sazonalidade inevitável da lã, criei umas mantinhas a partir da ideia do lenço dos namorados, na versão paixão pelos pequenos príncipes e princesas que entram nas nossas vidas.

São bordadas à mão (e à mão levantada, sem desenho prévio) e cosidas à máquina. Algumas são acolchoadas (aptas para climas mais frescos) e outras não, com flanela de algodão para dar apenas algum aconchego. São muito fofas, mas também divertidas, e estão à venda através do site do abbrigate*. Ide, ide ver!

Mais fotos aqui.

5 comentários:

Anónimo disse...

Lindinhas, as mantas! Precisam de encontrar principezinhos e princesinhas que queiram ser aconchegados.
E da blusinha não falas?
Bjs
M

Billy disse...

Tenha paciência, sotôra! Ai, estas mães indisciplinadas e insubordinadas... ;)

Beijinhos!

Anónimo disse...

Pura poesia cheia de carinho!Fiquei encantada.Os príncipes e princesinhas ficarão encantados também.
Beijinhos
F

cacaia disse...

linda poesia de ser...
eis que ao cair aqui em seu site me alonguei, interessei e por que não dizer me emocionei!
você é poesia, lira,encanto de viver a vida...
seu canto é doce como a cotovia, e por isso voltarei aqui para lhe deixar outras vezes os meus sinceros parabéns!
lidia meireles
são paulo - brasil

Billy disse...

Obrigada, F!

Lídia, muito obrigada pelas suas palavras e também pela sua visita. Espero que tenha ficado com vontade de voltar! São comentários como o seu que me incentivam a continuar. Obrigada!