quarta-feira, 24 de setembro de 2008

Eu, triste

Quando chegámos a casa depois das férias recebemos a notícia de que uma amiga está internada, com um prognóstico bastante reservado. Ainda não tinha escrito nada aqui no "Entre" sobre o assunto, mas hoje estive a escrever-lhe uma carta para ser entregue por uma das poucas visitas que pode receber e decidi-me. O beijinho do I. veio mesmo a jeito para fazer o contraponto. Felizmente nem tudo são más notícias.

1 comentário:

mariana.santos.ramos disse...

Fizeste bem. E ela pode lê-la?
A Guida está muito interessada em saber qual é a amiga, mas eu não fui de grande auxílio. Se lhe mandares um email, explica-lhe.
Beijinhos